II Encontro Regional das Mulheres Indígenas do Regional Leste

Após três dias de ricas reflexões, espiritualidade e troca de experiências, as mulheres indígenas do Regional Leste, reunidas na Aldeia Caramuru, município de Pau Brasil (BA), deram por encerrado o II Encontro Regional das Mulheres Indígenas. Ao final do encontro, que aconteceu entre os dias 13 e 15 de agosto, foi lançado um documento, onde expressam suas angústias, esperanças e exigências, sobretudo sobre os seus direitos, condenam a perseguição sistemática e histórica contra seus povos e denunciam o intenso processo de discriminação e criminalização de suas lutas.


Aliadas as companheiras quilombolas, trabalhadoras rurais e lutadoras urbanas, elas refletiram sobre o tema “A luta das mulheres indígenas pela igualdade de direitos e qualidade de vida de seus povos”. Durante o encontro, somando forças com seus aliados e parceiros, discutiram soluções para resolver os graves problemas enfrentados com as invasões ou até mesmo negação de seus territórios tradicionais.


O encontro teve por objetivo principal contribuir com o processo de participação das mulheres indígenas e suas organizações, visando o fortalecimento das lutas pela recuperação dos seus territórios, possibilitando momentos de formação, informação, de troca de saberes entre os grupos e rearticulação da Comissão de Organização das Mulheres Indígenas no Leste (Comil).

Ao final do encontro, as indígtenas, trabalhadoras rurais, quilombolas e representantes de trabalhadoras urbanas deram um grito de basta a todo e qualquer tipo de violência e discriminação contra seus povos e suas lutas: “Nós mulheres não queremos violência. Nossa igualdade está em nossa consciência”.


Participação

Participaram do encontro cerca de 250 mulheres das diversas comunidades indígenas dos estados da Bahia (Pataxó Hã-Hã-Hãe, Tupinambá de Olivença, Pataxó do Extremo sul, Tupinambá do Jequitionha e Tuxá), de Minas Gerais (Xakriabá, Aranã, Kaxixó) e do Espírito Santo (Tupiniquim e Guarani).











Fonte: Cimi Regional Leste

Nenhum comentário:

Postar um comentário